BIOGRAFIA

Infância e Adolescência 

Robyn Rihanna Fenty, nascida na ilha caribenha de Barbados, em Saint Michael, é filha de Monica Braithwaite uma contadora de aposentado de fundo afro-guianenses de ascendência guianense, e seu pai, Ronald Fenty, era um supervisor de armazém de Barbados de ascendência barbadiana e irlandesa. Tem ainda dois irmãos mais novos, Rorrey e Rajad  e duas meias-irmãs e um meio-irmão do lado de seu pai, cada nascidos de mães diferentes de seus relacionamentos anteriores.

A sua infância sobre a ilha caribenha de Barbados foi profundamente afetada por vício do pai em álcool que era abusivo com sua mãe e o casamento rochoso de seus pais, que terminou quando ela tinha 14 anos.  Rihanna cresceu ouvindo música reggae e começou a cantar em cerca de sete anos de idade. Então aos nove anos no ensino primário da escola Charles F. Broome Memorial School, onde formou o seu primeiro grupo musical com mais duas colegas de classe.

Após a separação de seus pais, ganhou um concurso de beleza onde foi nomeada “Miss Combermere“, após ter feito uma apresentação no Colours of Combermere School Show, interpretando a música “Hero” da cantora Mariah Carey, no colégio Combermere School.

Logo após, foi descoberta por Evan Rogers, produtor da Def Jam, que estava de férias na ilha e imediatamente se interessou por ela. Juntamente com o seu sócio, Carl Sturken, que produziu cantores como Christina Aguilera, Laura Pausini e Kelly Clarkson. Os dois, então, marcaram uma audição, na qual Rihanna interpretou a canção da banda Destiny’s Child, “Emotion”. Um ano mais tarde a dupla de produtores Evan Rogers e Carl Sturken, ajudou-a na gravação de músicas nos Estados Unidos da América, na cidade de Nova Iorque.

Rihanna, Evan e Carl acabaram por criar quase doze músicas, sendo que quatro delas eram demos, uma nova versão da balada “Last Time” de Whitney Houston, e ainda o que viria a tornar-se o single de estreia da carreira de Rihanna “Pon de Replay”.  Inspirados pelo dancehall e reggae’, que estão presentes fortemente na cultura musical de Barbados, fundiram este com o R&B.

Em janeiro de 2005, Rogers começou á enviar demos com de Rihanna para várias gravadoras. Uma cópia da demo foi enviada para a Def Jam Recordings, onde Jay Brown, um executivo de A&R, ouviu-o e tocou para o então presidente da gravadora, Jay-Z. Quando ele ouviu “Pon de Replay“, Jay-Z estava em duvida sobre Rihanna em primeiro lugar, porque ele sentiu que a música era muito grande para ela, afirmando que “quando uma música é tão grande, é difícil [para um novo artista]. Então em seguida convidou-a para uma audição onde cantou “For the Love of You” para Jay-Z. Ele quis imediatamente assinar contrato com a cantora, no mesmo dia e cancelou uma série de reuniões com outros rótulos. Depois de assinar com a Def Jam em fevereiro de 2005, ela se mudou para os Estados Unidos e foi morar com Rogers e sua esposa. Embora ela ainda pensa em si mesma como Robyn, ela escolheu seu nome do meio como seu nome artístico porque, para ela, o nome de Rihanna é apenas um nome artístico que começou em um estúdio de gravação em 2005.

Rihanna lança seu primeiro álbum de estúdio Music of the Sun.

Depois de assinar com a Def Jam, Rihanna começa dá os primeiros paços á uma caminhada de sucesso. Ela passou os próximos três meses gravando e completando seu álbum de estréia. O álbum contou com a produção de Evan Rogers, Carl Sturken, Stargate e Poke & Tone.

Ela lançou seu single de estréia, “Pon de Replay“, em 22 de agosto de 2005, que alcançou a segunda posição na Billboard Hot 100 e no UK Singles Chart. Tornou-se um hit mundial onde chegou no top 10 em quinze países.

Seu álbum de estréia, Music of the Sun, foi lançado em agosto de 2005 nos Estados Unidos. O álbum alcançou a posição 10 no Billboard 200, vendendo 69.000 cópias em sua primeira semana. O álbum vendeu mais de dois milhões de cópias em todo o mundo e recebeu uma certificação de ouro pela Recording Industry Association of America, denotando as transferências para Estados Unidos varejistas de mais de 500.000 unidades. A recepção crítica do disco foi mista, pois alguns analistas destacaram a inspiração dancehall e caribenha que as faixas transmitiam, mas outros criticaram alguma da produção.

Rihanna lança seu segundo álbum de estúdio A Girl Like Me.

As gravações iniciaram-se em menos de um ano desde do lançamento do seu projeto de estreia, Music of the Sun, e assinatura do contrato com a organização musical. A sua produção esteve a cargo de Al Hemberger, Carl Sturken, Evan Rogers, Don Corleon, J. R. Rotem, Mike City, Poke & Tone, Stargate, The Conglomerate, Vada Nobles, creditando ainda The Carter Administration como produtora executiva, e a dupla Sturken e Rogers‎ na co-produção. O disco inclui participações vocais de Dwane Husbands, Sean Paul e J-Status, com a colaboração especial de Cory Gunz na faixa bónus.

A recepção crítica do disco foi positiva, pois alguns analistas afirmaram que Rihanna evita graciosamente a decepção habitual de um segundo trabalho, enquanto que outros compararam-no ao seu antecessor. Na primeira semana nos Estados Unidos, estreou na quinta posição da tabela musical Billboard 200, compilada pela revista Billboard. No Canadá conseguiu alcançar o primeiro lugar, e esteve entre os vinte registos mais vendidos da Austrália, Europa, Irlanda, Nova Zelândia, Portugal, Reino Unido e da Suíça. Devido ao seu desempenho comercial, A Girl Like Me acabou por ser certificado com dupla platina pela Music Canada e Irish Recorded Music Association (IRMA), platina pela Australian Recording Industry Association (ARIA), British Phonographic Industry (BPI) eRecording Industry Association of America (RIAA). Recebeu ainda galardão de ouro pela francesa Syndicat National de l’Édition Phonographique (SNEP), sendo que o álbum vendeu mais de três milhões de cópias a nível mundial.

Rihanna lança seu terceiro álbum de estúdio  Good Girl Gone Bad.

Em 2007, juntamente com Ne-Yo, Stargate e Timbaland, Rihanna entrou em estúdio para gravar o terceiro álbum, Good Girl Gone Bad. A maioria das faixas foram gravadas em Los Angeles, na California, paralelamente às sessões de gravação de faixas bónus para a edição especial do segundo e antecessor álbum, com lançamento do mesmo feito em 2007. Rihanna inspirou-se em Afrodisiac, álbum da cantora Brandy Norwood de 2004:

“Esse álbum, gosto de ouvir todos os dias, todas as noites. Quando eu estava no estúdio, foi o álbum que ouvi a toda a hora e realmente estou admirada, porque que cada canção era uma grande canção. Você pode ouvir o álbum inteiro. E eu pensei que tinha de fazer um álbum como aquele.”

Lançado em maio de 2007, o álbum alcançou o número dois na Austrália e nos EUA e liderou as paradas em vários países, incluindo o Brasil, Canadá, Irlanda, Japão, Rússia e Reino Unido.

Ela adotou uma imagem mais rebelde , acabou cortando seu cabelo preto e cortá-lo curto. Rihanna explicou o significado por detrás do título escolhido para o álbum:

  “Bad” não é estar frágil. “Bad” tem o seu próprio prazo para cada pessoa e no meu caso, isso só significa que eu tenha ficado um pouco rebelde no álbum, quebrando a minha antiga postura, estou correndo riscos … como Michael Jackson em “Bad”, uma espécie de curso.

Rihanna soube explora-lo perfeitamente para obter um canto musical de forma superior aos seus dois ultimos albuns lançados e que o público levá-la mais a sério.
Para que isso acontecesse, Rihanna lançou como o seu carro-chefe a música intitulada como “Umbrella“, que obteve um sucesso estrondoso.

Após ter sido adicionada por 110 estações de rádio norte-americanas, a música alcançou um total de 40 milhões de audiência e conseguiu ser a mais reproduzida na sua semana de estreia.  canção foi lançada digitalmente a 2 de Maio de 2007 através da iTunes Store em vários países da Europa e América. A recepção por parte da crítica foi bastante positiva, em que maior parte fez referência ao gancho “ella, ella”. Depois do seu lançamento, chegou ao topo das tabelas musicais da Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Estados Unidos e Europa. No Reino Unido, foi a canção mais tocada nas rádios durante a década de 2000, e também a que maior permanência teve na liderança da UK Singles Chart, com dez semanas consecutivas no topo da tabela musical, gerando polêmica devido ao fato do país ter atravessado na mesma altura uma forte ocorrência de cheias provocadas pela chuva.  Este desenvolvimento comercial positivo resultou em várias certificações para a faixa, sendo entre elas, oito platinas atribuídas pela Productores de Música de España (PROMUSICAE) e sete pela Music Canada.

No final do ano, foi listada como a terceira música de 2007 pela revista Rolling Stone, e fez com que Rihanna conquiste seu primeiro grammy sendo indicada na categoria Best Rap/Sung Collaboration nos Grammy Award em Fevereiro de 2008. Foi o segundo single mais vendido de 2007 na América do Norte e recebeucertificação de tripla platina pela Recording Industry Association of America (RIAA). Com um registo superior a 6 milhões e 500 mil unidades comercializadas, tornou-se numa das canções mais vendidas mundialmente.

As músicas “Shut Up and Drive“, “Hate That I Love You“, com Ne-yo, e “Don’t Stop the Music” também foram lançadas como singles.

Rihanna sofre de violência domestica

Para recompensar toda a sua carreira, Rihanna é nomeada madrinha da oitava temporada de “Star Academy“. Ela então saiu em turnê com Chris Brown no outono de 2008 e viaja para Nova Zelândia e Austrália. Mas o algo inesperado estava vindo para acabar com este contos de fadas: na verdade, Rihanna foi a vítima de violência domestica por parte de seu ex-namorado Chris Brown 8 fevereiro de 2009 horas antes da participação programada dos dois na cerimônia do Grammy. Depois segue-se um turbilhão de mídia com a imprensa constante e paparazzi à procura de qualquer sinal de Rihanna. A ação é lançada contra Chris Brown por um comportamento violento e perigoso inaceitável. Finalmente, o julgamento adiado constantemente terminou em Julho de 2009, quando Chris Brown foi forçado ao trabalho duro e odernado a não se aproximar de Rihanna. Na sequência deste acordo, a cantora decidiu permanecer discreto, fazendo aparições públicas raras…  Mas Rihanna não colocar um ponto final na sua carreira até agora: ela gravou muitos duetos com cantores famosos. Resultado: canções como “Run This Town“, com Jay-Z e Kanye West e “Life Your Life” com TI que dominou o topo das paradas ao redor do mundo.

                                                    Rihanna lança seu quarto álbum de estúdio Rated  R.

Após o seu lançamento, o trabalho recebeu críticas positivas por parte dos analistas especializados, que comentaram o desempenho maduro da cantora e consideraram que era o seu esforço mais sincero. Na primeira semana nos Estados Unidos, segundo a Nielsen SoundScan, vendeu 181 mil cópias e estreou na quarta posição da tabela musical Billboard 200, superando os resultados obtidos pelo seu antecessor Good Girl Gone Bad.

”Rated R” marcou um amadurecimento sem igual na carreira de Rihanna. Pois ao mesmo tempo que gritava canções de um calibre diferente do seu antecessor (Good Girl Gone Bad), vinha com uma força raivosa que mostra todo o ressentimento de um cantora que finalmente estava amadurecendo. É um divisor de águas. Um disco forte e poderoso tanto musicalmente como em sua formação.

Enquanto ”Music Of The Sun” despertava uma garota feliz, de bem com a vida e dando uma olá para o grande mercado dos Estados Unidos e do mundo, ”A Girl Like Me” vinha como um projeto mais ”nude” e como uma menina romântica, e o ”Good Girl Gone Bad” trazia a fase mais ”bad girl” e sexy de Rihanna; o ”Rated R” nada mais é que a obscuridade de um trabalho que foi influenciado fielmente por essas experiências vividas por ela.
Foi radical, mas o material é que mais marcou a sua vida. ”Rated R” foi gravado em 8 meses, em parceria com o The Dream, Ne-Yo, Stargate e dentre outros brilhantes compositores que entenderam a sua dor e passaram tudo aquilo para as faixas, consideradas por críticos e fãs, obras primas. Mesmo com toda a sua fervorosidade, ele não perde a essência da carreira de RiRi e tem um mix de faixas românticas, letras profundas e pegadas eletrônicas remasterizadas com toques até de ”Rock”. A dor colocada para fora em ”Russian Roulette”, a auto-confiança de ”Hard”, as escolhas de ”Wait Your Turn”, a rebeldia de ”Rockstar 101” e a junção do perigo e do amor em ”Fire Bomb” são os pontos fortes do album que classificam cada um dos lados e partes do álbum.

Rihanna também marca um retorno suberano ao cenário musical em 2010, ela gravou um dueto com o famoso rapper Eminem, intitulado “Love The Way You Lie”, que é um dos melhores títulos vendidos de 2010, percebendo a uma das melhores performances do ano. E  “Who’s That Chick?” Um dueto com David Guetta.

Rihanna lança seu quinto álbum de estúdio Loud.

Na primeira semana nos Estados Unidos da América, segundo a Nielsen Sou.ndScan, vendeu 207 mil cópias com estreia na terceira posição da tabela musical Billboard 200 da revista Billboard, superando novamente os resultados obtidos pelo trabalho anterior. Em território britânico, vendeu 91.000 cópias na semana do seu lançamento. Estreou na primeira posição do Canadian Albums Chart com 27.000 cópias vendidas na primeira semana, e ainda na Swiss Albums Chart e European Top 100 Albums.

Seu primeiro single, “Only Girl (In the World)“, alcançou o número um em quinze países, incluindo a Austrália, Canadá, Reino Unido, e os Estados Unidos.  O segundo single do álbum, “Whats my name?“, com o rapper Drake, também alcançou o número um em os EUA e Reino Unido, tornando Rihanna a primeira artista solo feminina a ter cinco singles número um em os singles do Reino Unido em anos consecutivos. A canção chegou a número um na Billboard Hot 100 antes de “Only Girl (In the World)“, pela primeira vez na história que o primeiro single alcançou o número de um álbum, um após o segundo. O terceiro single, “S&M“, alcançou o número um na Billboard Hot 100 na sequência do lançamento de seu remix com Britney Spears, tornando-se seu décimo single número um. Com apenas quatro anos, onze meses e duas semanas entre seu primeiro e décimo número um na parada, Rihanna estabeleceu um recorde como o artista solo com a acumulação mais rápida de dez maiores êxitos.

We Found Love“, superou os julgamentos e foi considerado o maior hit do ano de 2011, passando 10 semanas no topo da Billboard Hot 100, ultrapassando seu proprio hit “Umbrella

“We Found Love” é o primeiro single do Talk That Talk, seu sexto álbum de estúdio, lançado a 18 de Novembro de 2011 na Alemanha e três dias depois nos Estados Unidos.

 O álbum estreou no número três na Billboard 200, com vendas de 198.000 cópias e número um no Reino Unido, vendendo 163.000 cópias. Seu primeiro single foi a canção intitulada “We Found Love“. A canção conta com a participação do DJ Calvin Harris, que também foi responsável pela produção e composição. Inicialmente, foi anunciado que a sua estreia seria a 11 de Outubro de 2011. Os membros da crítica apreciaram a música por ser amigável e indicada para ambientes de clubes. 

Priya Elan da NME apreciou os vocais de Rihanna, dizendo que foram “luxuosos” e “extremamente bons”. Bill Lamb, crítico especialista em música pop da About.com, avaliou positivamente a canção, dizendo que ela é “certamente alegre e cativante.”

No Reino Unido, o single se tornou o segundo single solo de Rihanna a vender mais de um milhão de cópias no país sozinho, depois de “Love The Way You Lie” e “Only Girl (In The World)” de 2010. Nos Estados Unidos, a canção estreou na Billboard Hot 100 em 28 de Setembro de 2011, na 16 posição. Na semana seguinte, “We Foud Love” subiu para a posição 9, dando Rihanna o recorde de artista solo acumulando 20 TOP-10 singles na Billboard Hot 100, no mais curto espaço de tempo. Rihanna conseguiu o feito em um período de seis anos e quatro meses, superando o recorde anterior de Madonna, que conseguiu a realização em um período de seis anos e nove meses. Em sua sexta semana na parada, a canção alcançou o número um, dando Rihanna seu décimo primeiro single número um na Hot 100. “We Found Love” passou 8 semanas consecutivas e duas semanas adicionais (depois de 2 semanas no número dois) no topo da Billboard Hot 100, superando “Umbrella” tornando o single de Rihanna que passou mais tempo no topo l no país, e o numero um mais duradouro de 2011. Foi disco de platina quádrupla pela Recording Industry Association of America (RIAA) pelos os mais de 4 milhões de cópias digitais. Em junho de 2015, a canção vendeu 5,4 milhões de cópias digitais em os EUA. Em 1 de Agosto de 2013, Billboard anunciou que “We Found Love” é o  maior hit da Hot 100 de todos os tempos, em 55 anos da história.

You Da One” e a faixa titular com Jay-Z “Talk That Talk” foram lançadas como o segundo e terceiro singles do álbum de sucesso moderado, o ex-alcançando o top vinte no Reino Unido e Estados Unidos. “Where Have You Been“, o quarto single , traçou com sucesso em todo o mundo, chegando a número cinco nos EUA e seis no Reino Unido.  “Cockiness (Love It)” foi lançado como quinto e último single do álbum com uma versão contanto com a participação do rapper ASAP Rocky.

No início de 2012, duas colaborações com Rihanna foram liberadas; Do Coldplay “Princess of China“, do álbum Mylo Xyloto e de Drake “Take Care” de seu álbum no qual o nome é intitulado também “Take Care”. Ambos alcançou o top vinte da Billboard Hot 100. Depois, Rihanna apareceu em Mylo Xyloto turnê do Coldplay, performou “Princess Of China” e “Umbrella“. Ela também se juntou à banda na cerimônia de encerramento dos Jogos Paraolímpicos.

Em fevereiro, “All of the Lights” foi indicado Grammy em 2012 como Canção do Ano, Melhor Canção Rap e Melhor Colaboração Rap / Sung, acabou ganhando os dois últimos prêmios, trazendo no total de seis Grammy para a Rihanna prêmios. No mesmo mês, Rihanna ganhou seu segundo prêmio BRIT de “Melhor Artista Feminina Internacional”, seguindo o mesmo ganhar o ano anterior.

Rihanna apareceu como Petty Officer (GM2) Cora Raikes no filme Battleship, que é vagamente  um filme de ficção científica e guerra naval norte-americano baseado no jogo de tabuleiro Batalha Naval. Ela escolheu esse projeto porque ela queria “fazer algo fodão” e também porque não era um papel muito grande. Rihanna e o elenco promoveu o filme no Reino Unido, Estados Unidos, Austrália e Japão. Seu desempenho lhe valeu um Teen Choice Award. Ela também apareceu no na comédia apocalíptica “É o Fim” atuando como ela mesma.

Além de lançar sua fagrância “Rebelle“, ela estreou seu primeiro programa de TV , nomeado de “Styled To Rock“, estreou no Reino Unido em Agosto de 2012, na Sky Living. A série de dez semanas vê Rihanna, Nicola Roberts, Lysa Cooper e Henry Holland ajudando designers britânicos com as suas próprias linhas de roupas. Em 19 de agosto de 2012, Rihanna apareceu no primeiro episódio da segunda temporada de show de horário nobre americano de televisão Oprah Winfrey Oprah Next Chapter. O episódio se tornou a segunda maior transmissão televisiva na história da Oprah Winfrey Network.  Em outubro, Rihanna foi nomeado a artista pop com mais teve numero #1 em menos tempo entre os anos 1992-2012 pela Billboard. Rihanna também foi nomeada a segunda artista feminina que vendeu singles no Reino Unido de todos os tempos.

Em 2012, Rihanna entrou na lista da revista Time como umas das 100 pessoas mais influentes no mundo e foi elogiada pela estilista Stella McCartney, filha de Paul McCartney e amiga da estrela:

“Ela é uma das artistas mais legais, sensuais, talentosas, que mais agradam, que mais são ouvidas e seguidas do ramo atualmente, mas ela faz tudo no seu próprio passo”.

No mês seguinte, a Forbes classificou-a em quarto lugar na lista das 100 Celebridades, nomeando-a a celebridade mais poderosa do mundo, com faturamento de $ 53.000.000 entre maio de 2011 e maio de 2012. Ela se tornou a mulher mais popular no Facebook, é a artista feminina mais vista no YouTube e tem a quarta conta mais seguida no Twitter, colocando-a no topo da lista da Forbes de Superstars de redes sociais.

Ao combinar os fãs no Facebook, vistos do YouTube, e seguidores do Twitter, Rihanna é a segunda celebridade mais popular rede social do mundo, atrás Lady Gaga. Ela ganhou vários registros no Guinness World Records, notando títulos como a primeira mulher no Reino Unido a ter cinco singles número um em cinco anos consecutivos, a cantora com a maioria dos singles número um em um ano e o artista com a maioria dos números digitais singles nos Estados Unidos. Rihanna foi nomeada a artista digital mais vendido de todos os tempos nos Estados Unidos, tendo vendido 47,571,000 milhões de singles e álbuns. Em novembro de 2012, Rihanna lançou sua terceiro fragrância, “Nude“.

Com “Diamonds“, Rihanna emplaca pela 12ª vez uma canção no topo da Billboard Hot 100.

Após a sua estreia em rádio, a canção foi lançada digitalmente a 27 de Setembro de 2012 no Canadá, Estados Unidos e México, e enviada para as áreas radiofónicas mainstream através da Def Jam Recordings a 30 de Setembro em Itália e dois dias depois no Norte da América. A recepção por parte da crítica sobre música foi mista, em que alguns elogiaram a nova direcção musical que a cantora estava a seguir e outros criticaram a sua produção. Depois do seu lançamento, chegou ao topo das tabelas musicais de dezoito países, incluindo a Áustria, Canadá, França, Portugal, Reino Unido e Suíça. A recepção por parte da crítica sobre música foi mista, em que alguns elogiaram a nova direcção musical que a cantora estava a seguir e outros criticaram a sua produção. Depois do seu lançamento, chegou ao topo das tabelas musicais de dezoito países, incluindo a Áustria, Canadá, França, Portugal, Reino Unido e Suíça. Atingiu ainda a liderança da Billboard Hot 100, tornando-se no décimo segundo numero um de Rihanna a conseguir tal feito, ela se juntou a Madonna e The Supremes no quarto lugar do ranking de artistas que mais vezes chegaram à liderança da Hot 100. Este desempenho positivo resultou em várias certificações para a faixa, sendo entre elas, três platinas atribuídas pela Australian Recording Industry Association (ARIA), duas pela Federazione Industria Musicale Italiana (FIMI) e outras duas pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica da Suíça, entre outras.

Rihanna conquista seu primeiro número um na Billboard 200 com o álbum Unapologetic“.

Unapologetic é o sétimo álbum de estúdio, que foi lançado a 19 de Novembro de 2012.  Nos Estados Unidos, o álbum estreou no número um na Billboard 200, com vendas de 238.000, marcando primeiro número um álbum de Rihanna no país. Assim, foi a estréia semana mais vendido de sua carreira, batendo seu quinto álbum de estúdio Loud (2010). O álbum foi o terceiro consecutivo número um álbum da Rihanna no Reino Unido e quinto na Suíça

Seu segundo single, “Stay” do álbum, com Mikky Ekko, alcançou o top cinco em mais de vinte países, incluindo o número três no Billboard Hot 100. “Pour It Up” foi lançado como o segundo single no US e terceiro na classificação geral, alcançando o número 19 na Billboard Hot 100. Um remix com rappers americanos Young Jeezy, Rick Ross, Juicy J, e TI depois foi lançado. “Right Now“, com David Guetta serve como o quarto single do álbum e atingiu um pico de número cinqüenta na Billboard Hot 100.

Como promoção antes do lançamento do álbum, Rihanna embarcou na 777 Tour, uma mini turnê de sete shows em sete países em sete dias. O conceito passou por realizar sete concertos em sete cidades e países diferentes na América do Norte e Europa. A turnê consistiu na presença de um grupo de fãs e 150 jornalistas a representar 82 países a bordo de um Boeing 777 de arena em arena, com a companhia da própria artista. O locutor Wilson Honrado da estação Rádio Comercial foi o escolhido para representar Portugal durante a viagem, mais tarde anunciando em exclusivo que a cantora regressaria ao Pavilhão Atlântico em 2013. O DVD foi lançado a 7 de Maio de 2013 através da Universal Music Group na Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Portugal, entre outros países, sendo que três dias mais tarde seguiram-se os Países Baixos e a Polónia, e finalmente, a 3 de Junho, em França.

Em Fervereiro de 2013 , Rihanna conquistou o prêmio “Video of the Year” na cerimónia MTV Video Music Awards com “We Found Love“. Também naquele mês, o Official Charts Company anunciou que Rihanna tinha vendido 3,868,000 registros no ano anterior só no Reino Unido, ranking no número um na lista dos artista nomeados no Brit Awards 2013.

Em março de 2013,  Rihanna deu inico a Diamonds World Tour, para divulgar o álbum Unapologetic. A venda de bilhetes para a turnê começaram a 14 de Setembro de 2012. Em Novembro de 2012, foram reveladas as datas da parte europeia do espetáculo, com paragens em cidades como Alemanha, França e Portugal, com início a 26 de Maio de 2013 e término a 15 de Novembro do mesmo ano em Nova Orleães.

Rihanna é a primeira artista a ganhar o prêmio “Icon Award” no American Music Awards em 2013.

Em novembro de 2013, Rihanna ganhou o “Ícone Award” no American Music Awards, com o produtor do show, Larry Klein comentando: “O primeiro-já Ícone Award foi criado para homenagear um artista cujo corpo de trabalho fez uma profunda influência sobre a música pop em um nível global […] som icônico e inovador de Rihanna lhe permitiu tornar-se um dos artistas mais influentes e mais vendidos de todos os tempos. “apresentador de televisão americano Bill Maher também referido Rihanna como” a voz da nossa geração “.

Em seu discurso, Rihanna relembrou com sua mãe do começo de tudo, quando ainda era criança. “Eu agradeço muito a você. Eu começarei dizendo que 20 anos atrás foi quando eu realmente comecei a fazer sua vida uma inferno com minha voz irritante de menino rouco. Eu acho que incomodava a vizinha inteira…”.

Então, Rihanna agradeceu a Jay-Z por ter a escolhido depois de mais de 10 anos de audições e testes. Agradeceu também a todos que a ajudaram desde o início com o produtor L.A. Reid, seu time de glamour, que trabalha (e muito) no seu visual, e seu Rihanna Navy, terminando o discurso com um lindo e hulmide: “Não acredito que com 25 anos eu esteja segurando um Icon Award.”

Em participação com Rihanna, Eminem lançou o single “The Monster“, o quarto lançamento de seu oitavo álbum de estúdio The Marshall Mathers LP 2 (2013). A canção entrou no número um, no UK Singles Chart. Rihanna se juntou a Elvis Presley e os Beatles  por ter um single número um a cada ano ao longo de sete anos consecutivos na história dos charts. A canção também chegou ao número um na Billboard Hot 100, e Rihanna conquistou seu décimo terceiro numero um,unindo com Michael Jackson por ter mais números um em 55 anos de história. Além disso, Rihanna tornou-se o artista solo mais rápido para atingir #13, superando o recorde anterior, realizada por Mariah Carey (sete anos, oito meses e 19 dias), sendo que apenas os Beatles atingiu a  marca mais rapidamente.

Ainda em 2013,  Rihanna colaborou com MAC Cosmetics e lançou suas linhas próprias de verão, outono e férias de maquiagem chamada “RiRi hearts MAC“. Em julho de 2013, empresa de produção de cerveja Budweiser anunciou que Rihanna tinha se tornado uma parte de sua campanha “Made For Music“, também co-estrelado por Jay-Z. Um vídeo comercial foi lançado com o cantor e música “Right Now“. A sua quarta fragrância feminina de Rihanna, intitulada “Vogue” foi lançada em 14 de setembro de 2013. Rihanna anuciou que iria lançar a sua versão masculina no ano seguinte. Foi anunciado em 1 de agosto de 2014 que em setembro  de 2014 viria a primeira fragrância de Rihanna para homens , a “Rogue Man“. Em dezembro, foi anunciado que Rihanna seria o novo rosto da próxima primavera/verão 2014 da campanha da grife francesa Balmain.

Em janeiro de 2014, a colaboração de Shakira com Rihanna “Can’t Remember to Forget You“” foi lançada. Com seu vídeo sexy, o mesmo tornou-se Vevo Certified, com mais de 100 milhões de visualizações, apenas 10 dias depois de seu lançamento.

No mesmo mês, foi anunciado que Rihanna tinha começado a planejar seu oitavo álbum de estúdio. Em fevereiro de 2014, CEO da DreamWorks Animation, Jeffrey Katzenberg, anunciou que Rihanna iria lançar um álbum conceitual baseado em torno do próximo filme de animação “Cada um em sua casa(Home), que ela também estrela ao lado de Steve Martin e Jennifer Lopez. “Towards the Sun” foi lançado como o primeiro single da trilha sonora do filme em 24 de fevereiro.  Em maio de 2014, Rihanna deixou Def Jam para assinar plenamente com Roc Nation, que tinha conseguido ela desde Outubro de 2010.

Em 02 de junho de 2014, Rihanna foi homenageada com prêmio de “ícone da moda” no Conselho de Estilistas de Moda da América de 2014:

“Estamos orgulhosos de entregar à Rihanna o CFDA Fashion Icon Award por seu impacto sobre o setor e por ser uma das maiores embaxadoras da moda atual”, afirmou Steven Kolb, CEO do CFDA, no comunicado oficial sobre a homenagem.

 Em dezembro de 2014, foi anunciado que Rihanna iria se tornar  diretora criativo de moda da Puma, supervisionando linha feminina da marca que inclui colaborações em vestuário e calçados.

“O espirito imparável de Rihanna, sua energia criativa e seu valor dentro e fora do palco fazem dela uma perfeita represetante da marca”, assegurou Puma em comunicado.

Cerca de 10 milhões de dólares aproximadamente Rihanna ganhou para se tornar diretora criativa da Puma, relação que iniciou em dezembro e estrela novas campanhas.

Em março de 2015 foi anunciado que Rihanna foi escolhida como o novo rosto da Dior; isto faz dela a primeira mulher negra a ser o rosto da Dior. A marca francesa confirmou que Rihanna iria protagonizar o novo episódio da campanha “Secret Garden”. O  episódio da campanha foi gravado no Palácio de Versailles, em Paris, e foi exibido na primavera de 2015 — os vídeos  mostram a modelo Rihanna a desfilar pelo palácio usando roupas da nova coleção. Cerca de 2 milhões estimados para ela aparecer na campanha de primavera da Dior.

Em 01 de julho de 2015, a RIAA (Recording Industry Association of America) revelou que Rihanna é a primeira e única artista a ultrapassar o número de 100 milhões de certificações de singles digitais nos Estados Unidos.

“Ouro e platina são os maiores símbolos de conquistas no mercado da música”, disse Cary Sherman, acionista e CEO da RIAA. “Damos prêmios a artistas há 60 anos, mas a oportunidade de reconhecer uma marca tão impressionante como a de Rihanna é rara. Ela não apenas ultrapassou o marco de 100 milhões da RIAA, mas também é a primeira artista a fazê-lo. É um feito histórico e testemunho de uma carreira extraordinária.”

O anúncio foi feito após 48 milhões de registros serem computados pela instituição, devido a vendas e lucros de streaming.

Ainda em Julho, Rihanna anunciou uma parceria com Stance, onde ela irá projetar múltiplas estações de coleta de uma assinatura da mulher de meias. A primeira versão incluía dois estilos de edição limitada em uma cópia chamada “Murder Rih Wrote“, com mais projetos a seguir. Também em julho de 2015, ela anunciou sua mais recente fragrância, “Riri by Rihanna“. O perfume possui notas de extrato de maracujá, rum absoluto, cassis espumante, e tangerina italiana.

Em 13 de agosto, 2015, anunciou-se que Rihanna irá juntar-se ada 9ª temporada do programa “The Voice” nos EUA, como conselheira especial. Ela vai participar de todos os episódios, de acordo com a emissora. O programa começou a ser exibido nos EUA em setembro de 2015 em sua nona edição.

Rihanna anuncia seu oitavo álbum de estúdio: ANTI

O primeiro single do álbum, “FourFiveSeconds“, com Kanye West e Paul McCartney, foi lançado em 24 de janeiro de 2015. Kanye West revelou que ele é o produtor executivo do  álbum de estúdio de durante o 57º Award Grammy. Em 5 de março, Rihanna divulgou um trecho de uma faixa chamada “Higher“, que também estaria no albúm.  Ela depois, lançou o segundo single de seu oitavo álbum de estúdio “Bicth Better Have My Money“, performou pela primeira vez na segunda edição do iHeartRadio Music Awards em 29 de março de 2015. utra canção intitulada “American  Oxygen” estreou na Tidal em 05 de abril de 2015. A canção irá, alegadamente, ser caracterizado em seu próximo álbum. Rihanna também postou uma interlude intitulada “James Joint” na sua totalidade a partir do próximo álbum em seu site em 21 de Abril, de 2015, como um “celebração do 4:20”. Embora a modelagem em uma propaganda da campanha Dior Secret Garden , Rihanna provocou um clipe de uma canção chamada “Only If For A Night” de 1 minuto, que supostamente está em seu próximo álbum.

Em 8 de outubro de 2015, Rihanna finalmente anunciou o nome do seu novo trabalho, que viria a ser intitulado de “Anti“.

No evento realizado na galeria de arte MAMA, em Los Angeles, Rihanna explicou o significado do título em uma imagem. “Uma pessoa contrária a uma política, atividade ou ideia em particular”, diz o texto apresentado aos fãs. “Em sua colaboração com Roy Nachum [criador da arte do disco], Rihanna mudou a história da capa dos álbuns. Ao continuar seguindo seus próprios instintos, seu trabalho tem a ambição de impactar fazendo exatamente o oposto do que o público espera”, continuou. “Esta é a minha capa preferida dentre todas que já fiz”, disse Rihanna antes de revelar a imagem por trás do pano preto.

Rihanna reforçou a ideia de apresentar algo totalmente inovador, diferente e que “Anti”. O álbum ainda não tem data de estréia.

Em outubro de 2015, foi anunciado que Rihanna teria um papel importante no filme do cineasta francês Luc Benson até então intitulado “Valerian“, diretor do último “Quinto Elemento” e “Lucy”. O filme é uma adaptação da série de quadrinhos valeriana e Laureline , que vai começar a filmar em dezembro de 2015 e com lançamento previsto para 2017. Ainda em outubrou, foi anunciado que Rihanna tinha assinou um contrato R$ 25.000.000 com a Samsung. O negócio iria ver Rihanna promover a linha Samsung Galaxy de produtos, enquanto a Samsung iria patrocinar o lançamento de “ANTI” e sua nova turnê.

The following two tabs change content below.