LA. Reid narra primeiro encontro com Rihanna aos 17 anos

LA. Reid, diretor executivo da Epic Records, narra o primeiro encontro com Rihanna: A surpresa e o elogio que Beyonce fez a Rihanna que tinha apenas 17 anos.

Jay-Z, que foi contratado para ser presidente da Def Jam, se tornou um dos meus grandes mestres. Na primeira vez em que ele trouxe Rihanna ao escritório para um teste em fevereiro de 2005, nós trabalhamos como uma equipe.

A primeira vez em que a vi foi no corredor. Eu não sabia que ela era cantora ou alguma coisa do tipo, era apenas uma garota bonita do lado de fora do escritório. E foi aí que Jay-Z entrou na minha sala: “Você tem que ver essa garota!” ele disse.

Nós fomos á sala dele e ele me apresentou a ela. Era uma beleza surpreendente aos 17 anos de idade, vinda de Barbados. Ela começou o teste com uma música da Beyoncé, cantando, mas o tempo todo me perfurando com aqueles olhos. Eu vi a determinação dela, o comprometimento. Eu vi alguém que poderia ser uma grande estrela um dia. Minha cabeça estava girando. Ela cantou outra música, Pon de Replay, que seria seu próximo hit. Depois que ela acabou, eu olhei pro Jay-Z e disse: “Não deixa ela ir embora.”

Eu deixei para a equipe do Jay-Z fechar o negócio, e ela assinou contrato naquele mesmo dia.

gif

Depois de assinar com Rihanna, Jay-Z e a equipe dele fizeram outras buscas para o primeiro álbum dela, e eu não tive nada a ver com isso. A coisa mais engraçada sobre o sucesso de Rihanna foi que nós contratamos duas garotas na mesma época – Rihanna e uma senhorita chamada Teairra Mari. Nós fizemos um pequeno show na casa e aconteceu que Beyoncé estava lá com Jay-Z. Teairra Mari, Rihanna, um grupo de 4 garotas chamado Black Butterfly e Ne-Yo se apresentaram. Na gravadora, nós pensamos que Teairra Mari seria a grande estrela. Nós dedicamos mais tempo nela, trabalhamos mais com ela, demos mais atenção á ela. Rihanna já tinha um hit com “Pon De Replay” mas mesmo assim nós pensamos que a estrela seria a outra garota. A ficha caiu pra mim, quando depois do show, Beyoncé veio até mim: “Aquela garota Rihanna, ela é fantástica.” ela disse.

Extraido de “Sing to Me: My Story of Making Music, Finding Magic, and Searching for Who’s Next”, livro de L.A. Reid com Joel Selvin.

The following two tabs change content below.

COMENTÁRIOS